Bahia, 18 de junho de 2024 às 17:31 - Escolha o idioma:

A política imigratória praticada pelo governo Trump


Publicado em: 23 de junho de 2018


 

 

A  política imigratória praticada atualmente pelo governo Trump é exatamente o contrário das ações inclusivas de direitos humanos efetuada pela ONU – Organização das Nações Unidas -, que este ano completa 70 anos em 2018 e para comemorar o feito , e lançou, à época do “Dia Internacional dos Direitos Humanos” – em dezembro 2017 – uma campanha mundial e anual, em Paris, na França. Parabéns à ONU pelos 70 anos de lutas incansáveis por algo inimaginável para muitos, infelizmente ainda, o direito a ser tratado como um ser humano digno.

Lamentavelmente, para dizer o mínimo, soubemos e vemos, estarrecidos, práticas ofensivas, desumanas, racistas, degradantes, contra  família de imigrantes nos Estados Unidos atual. Para sermos mais objetivos, o governo Trump tem separado as famílias, os filhos dos pais, e as crianças estão colocadas em espécies de jaulas. A imprensa mundial noticiou, as mídias sociais propagaram, as discussões e questionamentos só começaram contra esse tipo de política de imigração. E devem crescer ainda mais. Tomara, em vista do horror que esse absurdo reacionário, burocrático,  eleitoreiro e desumano é

Essa política de imigração exercida neste momento pelo governo Trump, sequer agradou a todos os membros de seu governo, alguns manifestaram-se contra, se recusam a adotar ou aprovar a barbaridade. Fica difícil lembrar do aniversário de 70 anos da ONU, que talvez  passe em branco, já que os eventos da Copa do Mundo da Rússia e mais os espetáculos governistas de Trump e de outros chefes de Estado mundiais canalizam a atenção de todos.

Manifestantes já foram às ruas nos Estados Unidos , protestar contra esta insanidade:  o governo autorizou seus policiais de imigração a deter as famílias na fronteira Estados Unidos/México e separar pais de filhos. Repórteres fotografaram as crianças apreendidas dentro de celas semelhantes a jaulas de animais em condições desumanas. O mundo vê consternado a atrocidade cometida pela política de “tolerância zero” deste governo em relação aos imigrantes ilegais que tentam atravessar a fronteira.A pressão contra esta atitude chamou  a atenção do Papa Francisco e outras autoridades relevantes pelo mundo e já se ouve rumores de que o presidente americano cogita mudanças no projeto de imigração. Talvez as orações e apelos do mundo inteiro tenham soprado um pouco de humanidade para o governo americano.

 

Por Cristine Souza