Bahia, 29 de fevereiro de 2024 às 22:59 - Escolha o idioma:

Advogado baiano é escolhido por Lewandowski para ser secretário do Ministério da Justiça


- Crédito da Foto:  Redes Sociais - Publicado em: 18 de janeiro de 2024


Manoel conhece Lewandowski de longa data, ele foi secretário-geral do STF quando o ministro presidiu a Corte

 

O novo ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, confirmou que o procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Luiz Sarrubbo, aceitou o convite para assumir a Secretaria Nacional de Segurança Pública da pasta. Lewandowski também comunicou a escolha do advogado baiano Manoel Carlos de Almeida Neto como futuro secretário-executivo do Ministério da Justiça.

Manoel conhece Lewandowski de longa data. Ele foi secretário-geral do STF quando o ministro presidiu a Corte. O advogado também foi braço direito de Lewandowski no TSE. Até então, Manoel trabalhava como diretor jurídico da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Na segunda-feira (15), porém, ele pediu desligamento da empresa para assumir como número 2 do Ministério da Justiça.

O convite a Sarrubbo foi feito por Lewandowski em encontro na semana passada, em São Paulo. O ministro do STF Alexandre de Moraes, que é próximo do procurador, também participou da conversa. “Convidei, e ele aceitou”, disse Lewandowski netsa quarta-feira (17), por mensagem de texto.

Considerado “linha-dura” na área de segurança, o procurador terá de se aposentar do Ministério Público paulista, onde atua há mais de 30 anos, para assumir o cargo no Ministério da Justiça.

Bahia.ba