Bahia, 24 de fevereiro de 2024 às 01:02 - Escolha o idioma:

Colbert critica aliança do MDB com Zé Neto e cogita saída do partido: “Não me respeitou”


- Crédito da Foto: Arquivo/AP - Publicado em: 7 de fevereiro de 2024


A saída do prefeito de Feira de Santana, Colbert Filho, do MDB, após mais de 40 anos, pode ser questão de tempo. Insatisfeito com o apoio do partido ao deputado federal Zé Neto (PT), seu principal adversário político e pré-candidato a prefeito nas eleições de outubro deste ano, Colbert afirmou ao Altos Papos nesta segunda-feira, 5, que se sentiu desrespeitado pela direção estadual da sigla.

“Eu tenho história com o MDB de uma vida inteira, assim como meu pai e Chico Pinto também tiveram. Sou prefeito da maior cidade do interior da Bahia e do interior do Norte/Nordeste, eleito pelo MDB com uma grande quantidade de vereadores e alguém entrega o partido à oposição, no caso, o PT, como se fosse uma ‘cabeça numa bandeja’? É uma coisa absurda. Se o partido desconhece isso, significa que não me respeitou. Eu estaria sendo expulso”, lamentou.

Questionado sobre seu destino partidário, Colbert, que estava cumprindo agenda em Brasília, revelou conversas com a direção nacional do PP. “Estou ouvindo e conversando com vários setores. Falei com o senador Ciro Nogueira [presidente nacional do PP] na semana passada, da mesma forma que vou falar com o deputado Artur Lira [presidente da Câmara Federal], que foram meus colegas como deputados. Espero que o MDB me trate como verdadeiro mdbista que sou. Se não me respeitar, não me resta outra alternativa”, admitiu o prefeito.

Por Taiuri Reis/Altos Papos