Bahia, 26 de maio de 2024 às 00:50 - Escolha o idioma:

‘Comitê Olímpico Internacional opta por confrontar a Rússia’


Publicado em: 6 de fevereiro de 2018


© Sputnik/ Vladimir Astapkovich

Em 6 de fevereiro, 32 atletas russos apelaram ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) em Pyeongchang contra a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI), organização que se recusa deixá-los participar dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul.

Basicamente, as apelações dos atletas russos expõem caráter de sanções do Comitê Olímpico Internacional (COI), que não quer permiti-los participar das Olimpíadas, e o uso excessivo pelo COI de posição monopolista.

Em 5 de dezembro, o Comitê Executivo do COI decidiu permitir participação de atletas russos nos Jogos Olímpicos em Pyeongchang com bandeira neutra e desqualificar o Comitê Olímpico Nacional da Rússia, frisando que o mesmo poderia vir a ser restaurado até a final dos Jogos e que a seleção russa poderia até mesmo vir a usar sua bandeira nacional na cerimônia de encerramento dos Jogos.

Na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o cientista político Vladimir Shapovalov comentou a decisão do COI contra restauração do Comitê Olímpico Nacional da Rússia até a final dos Jogos Olímpicos de 2018.

“A declaração não surpreende nem um pouco, pois logicamente segue a política antirrussa do COI, que vem sendo praticada pelo Comitê nos últimos tempos. Após o comentário do COI sobre a decisão do TAS e recusa por qualquer razão substancial de deixar que até mesmo atletas inocentados participem dos Jogos, pode-se dizer com certeza que a campanha contra esportistas russos é política.”De acordo com ele, o COI não vai considerar a restauração do Comitê Olímpico Nacional da Rússia enquanto não forem atingidos os objetivos de seus clientes. “É muito provável que o COI opte por confrontar a Rússia, e nos próximos meses a situação não venha a mudar”, disse Shapovalov.

Os esportistas que apelaram ao TAS pedem pelo cancelamento da decisão do COI para que, assim, consigam participar nas Olimpíadas em Pyeongchang como atletas olímpicos da Rússia.