Bahia, 29 de fevereiro de 2024 às 22:15 - Escolha o idioma:

Empresário ‘comemora’ condenação de Lula com 13 minutos de fogos (VIDEO)


Publicado em: 26 de janeiro de 2018


Marcelo Camargo/Agência Brasil

O empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, conhecidas por terem réplicas da estátua da liberdade em suas portas, financiou a queima de 13 minutos de fogos de artifício para comemorar a condenação em segunda instância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A queima de fogos aconteceu logo após a execução do hino nacional e foi realizada na quinta-feira (25), às 13h, sendo transmitida ao vivo pela página do empresário no Facebook.

O anúncio da comemoração foi feito no dia anterior através das redes sociais. No vídeo, Luciano Hang direciona ofensas ao ex-presidente.

“A condenação do Lula é a liberdade do Brasil. São 200 milhões de brasileiros que estão livres de uma ideologia ultrapassada, de uma ideologia do mal. São poucos os países do mundo que ainda resistem a dizer que isso está certo, que o comunismo, que o socialismo, que o assistencialismo é que devem prevalecer no país”.

A repercussão do vídeo gerou dezenas de milhares de compartilhamentos com elogios e críticas à atitude do empresário, incluindo pedidos de boicote às lojas da Havan.

A empresa também lançou um comunicado em seu site oficial sob o título “A condenação de Lula é a liberdade do Brasil”. No texto, a empresa demonstra abertamente uma visão anti-esquerda e associa Lula a “ditaduras socialistas”.

“Tirar de cena Lula e seu projeto de poder é afastar do Brasil o risco de um destino obscuro, a exemplo do que ocorre nos vizinhos latinoamericanos, vivendo sob o jugo da ditadura socialista [SIC]”.

A queima de fogos foi realizada na cidade de Brusque, em Santa Catarina, onde reside o empresário.

Na terça-feira (24), o ex-presidente Lula foi condenado por unanimidade no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e teve sua pena aumentada de 9 para 12 anos de prisão. Lula ainda pode recorrer da decisão.