Bahia, 13 de junho de 2024 às 18:24 - Escolha o idioma:

Mídia revela maior inimigo dos Estados Unidos


Publicado em: 1 de maio de 2018


© Sputnik / Natalia Seliverstova

O principal inimigo dos EUA não é a Rússia nem a China, mas a dívida norte-americana, escreve a revista The National Interest.

edição escreve que Washington está cada vez mais próxima da falência técnica. Por exemplo, os últimos dados do Escritório Orçamentário do Congresso evidenciam encargos com juros de 1,6% do PIB, o que equivale a 9,4% da receita federal. Mas em 2022 estes números vão aumentar para 2,7% e 16%, respectivamente. E o autor indica que tal cenário é o mais otimista.

Conforme a revista, levando em conta as últimas semanas, os encargos com juros de Washington podem corresponder a 20% do orçamento federal, o que significa que os norte-americanos pagarão para diminuir a dívida nada mais nada menos do que um dólar a cada cinco dólares recebidos.Propõem-se duas opções para solucionar o problema: reduzir receitas obrigatórias ou elevar impostos. Mas tais opções serão proibidas pelo Congresso.

A mídia nota que o único meio de preservar os custos sociais é ignorar o déficit e a dívida. Washington também pode reestruturar a dívida com ajuda de credores japoneses e chineses.

Em março de 2018, a dívida estatal dos EUA atingiu o recorde histórico de 21 trilhões de dólares (cerca de 73 trilhões de reais). Em particular, a dívida quase dobrou durante dois mandatos do ex-presidente norte-americano, Barack Obama.