Bahia, 18 de junho de 2024 às 18:03 - Escolha o idioma:

O novo milagre de Marina Silva para acabar com os maiores partidos políticos brasileiros  Por Genaldo de Melo


Publicado em: 31 de janeiro de 2018


 

 

Reiteradas vezes falei que considero a ex-candidata à Presidente da República, Marina Silva, uma grande oportunista de plantão. Sempre achei isso por considerá-la irresponsável politicamente por ter tido milhões e milhões de votos e nunca aparece no momento em que seus próprios eleitores precisam de direção e de sua opinião sobre o caos que se instalou no país com seu próprio apoio.

Marina Silva somente aparece nos momentos em que as brechas da imprensa lhe abre espaço para criar suas mirabolantes imagens políticas. Como agora que Lula, que foi nada mais nada menos do que seu principal padrinho político, foi condenado sem as provascabíveis, a fada da Amazônia apareceu para dá seu ar da graça.

Mesmo sendo ela a pessoa que escolheu por conta própria e sem compromisso nenhum com seus eleitores, seus tempos sabáticos, ela desrespeitando os eleitores dos outros partidos agora propõe “quatro anos sabáticos” para os quatro maiores partidos políticos do país. Devaneando ela não quer enxergar o tamanho eleitoral do PT, PSDB, MDB e DEM.

Limitada politicamente como sempre ela acredita que sua opinião, depois desses desaparecimentos públicos estranhos, vai convencer a mais da metade dos parlamentares brasileiros a não participarem das eleições de 2018 para entrarem em “quatro anos sabáticos”.