Bahia, 22 de maio de 2024 às 09:29 - Escolha o idioma:

Reisado de São Vicente: Uma tradição que se renova


Publicado em: 9 de janeiro de 2018


Seu Anísio, com 60 anos de Reisado, e Edivânia, no primeiro ano, simbolizam poder de renovação da festa secular

Por volta das 14h, uma hora antes do horário previsto para o início do Cortejo do Reisado de São Vicente, o grupo já se encontrava reunido no Casarão do Reisado. Ali mesmo, sem platéia. Um show deles para eles mesmos. Uma brincadeira. Jovens, adultos e idosos, espontaneamente cantando, tocando e, é claro, sambando. Mostrando sincronia, ligação. Conexão que não está presa àquele momento. Muito pelo contrário, vem de muito antes e abrange muito mais. Viaja pelo tempo e se repete. Como foi com seu Anísio e como está sendo com Edivânia.

Anísio diz que fará parte do Reisado “até quando Deus quiser”

Anísio Bispo do Nascimento, 75 anos, faz parte do Reisado há mais de 60. “Desde que eu tinha meus 12 anos. Meus pais foram saindo e eu entrando. Eu os via participando e já me interessava”. Seu Anísio completa 76 anos na próxima quinta-feira, 11, e afirma que pretende fazer parte do grupo “até quando Deus quiser”.

Edivânia também dá continuidade ao legado da família

Edivânia Lima, de apenas 18 anos, faz parte do grupo há apenas um e, assim como seu Anísio, está dando continuidade a um legado de família. Passou a se interessar pelo Reisado desde que era uma garotinha e, agora, juntamente com sua irmã, substitui a mãe. “Gosto muito. É incrível fazer parte disso aqui. É muito importante manter essa tradição e poder dar mais visibilidade à comunidade”.

Assim como substituíram seus pais, em um determinado momento, trocaram lugares entre si. Seu Anísio, que no auge dos seus 75 anos, se encontrava no meio da roda, sambando e animando a música ao pandeiro, cedeu a vez à jovem e enérgica Edivânia. Em suas próprias vidas e neste momento, estes dois provam o poder de renovação do Reisado de São Vicente. 202 anos, o eternizam.

Reisado levou cores e alegria às ruas do distrito

Enquanto vivem este intervalo dentro do ciclo de renovação, os dois seguiram juntos, atrás do Boi Bumbá, dando início ao Cortejo, rumo ao palco, onde fizeram a festa do povo de Tiquaruçu na tarde deste domingo, 07, em mais uma edição da Festa de Reis de São Vicente, com muito samba e alegria.

Secom/Feira