Bahia, 24 de fevereiro de 2024 às 00:42 - Escolha o idioma:

Salvador sedia nova edição da Bienal do Livro Bahia de 26 de abril a 1º de maio


- Crédito da Foto: Assessoria de Comunicação/ Bienal do Livro Bahia - Publicado em: 23 de janeiro de 2024


A expectativa da organização é que o evento supere a última edição, quando recebeu mais de 90 mil visitantes e vendeu mais de meio milhão de livros

 

 

O Centro de Convenções de Salvador voltará a sediar a Bienal do Livro Bahia, entre os dias 26 de abril e 1º de maio, com o tema “Histórias que a Bahia Conta”.

“É um evento de grande importância para o mercado editorial do Nordeste, assim como uma oportunidade para aproximar os leitores do universo dos livros. A Bienal, novamente, nos apresentará uma programação bastante diversa e plural”, disse Tatiana Zaccaro, diretora da GL events Exhibitions, organizadora da Bienal.

Segundo Zaccaro, nesta edição um diferencial é a presença de outras mídias que cruzam com o livro, para mostrar como as histórias escritas se transformam em séries, peças teatrais, filmes ou percorrem o caminho contrário quando, por exemplo, um game é transformado em um produto literário.

A previsão dos organizadores é que o evento supere a edição de 2022, ano em que voltou ao circuito cultural do Nordeste e recebeu mais de 90 mil visitantes. Ao todo, foram mais de meio milhão de livros vendidos durante o evento que reuniu mais de 150 marcas expositoras.

A Bienal do Livro Bahia 2024 tem como curadoras a jornalista e escritora baiana Joselia Aguiar, vencedora do Prêmio Jabuti pela obra “Jorge Amado – Uma biografia”; a jornalista, diretora, roteirista e produtora cultural Mira Silva, que atualmente dirige o programa Encontro com Patrícia Poeta, da Rede Globo; e o jornalista e doutor em teoria literária Schneier Carpeggiani, que já atuou como curador no Festival de Literatura do Recife, Bienal do Livro de Pernambuco e da Bienal do Livro da Bahia.

Bahia.ba