Bahia, 13 de junho de 2024 às 17:06 - Escolha o idioma:

Trump se torna 1º ex-presidente dos EUA condenado em ação criminal


- Crédito da Foto: Fulton County Sheriff’s Office/Divulgação - Publicado em: 31 de maio de 2024


Apesar da condenação, a Constituição americana não prevê o impedimento de alguém declarado culpado por crime se candidatar, mesmo que esteja preso

 

O republicano Donald Trump se tornou o primeiro ex-presidente dos Estados Unidos condenado pela Justiça em uma ação criminal, em toda a história do país.

Em decisão histórica foi anunciada na quinta-feira (30), após decisão unânime do júri formado por 12 pessoas. Conforme a Folha de S. Paulo, o grupo avaliou que o político e empresário é culpado em 34 acusações de falsificação de documentos para encobrir pagamentos à atriz pornô Stormy Daniels e comprar o silêncio dela nas eleições presidenciais de 2016, quando derrotou a democrata Hillary Clinton.

Após decisão do júri, cabe ao juiz Juan Merchan definir a sentença, que tem previsão de ser anunciada em julho. No pior cenário, Trump poderia cumprir até quatro anos de prisão, mas como ele é réu primário e os crimes não são considerados graves, é possível que lhe sejam impostas multas ou outras medidas cautelares.

Diferente do Brasil, em que uma pessoa condenada está impedida de concorrer às eleições, nos EUA a Constituição não prevê o impedimento de alguém declarado culpado por crime se candidatar, mesmo que esteja preso.

Embora os efeitos práticos não indiquem problemas mais graves para o ex-presidente, os desdobramentos políticos ainda são incalculáveis, visto que parte do eleitorado de Trump afirma que reconsideraria o voto em caso de condenação. Apesar do percentual destes eleitores ser pequeno, ele pode fazer diferença, já que nas pesquisas o republicano está à frente do atual presidente, Joe Biden, por apenas 1,1 ponto percentual.